terça-feira, 9 de novembro de 2010

Agora é foco no Conselho Deliberativo

O Convergência Colorada obteve 90 votos no primeiro turno das eleições presidenciais do Sport Club Internacional, realizado na noite de segunda-feira, 08 de novembro. Apesar de ter superado a cláusula de barreira, de 25%, a votação foi insuficiente para passar levar a Chapa 2, encabeçada por Sandro Farias, para o segundo turno. O resultado, entretanto, demonstra o amplo apoio do projeto do Convergência dentro do clube. A Chapa 1 conquistou 119 votos, enquanto a Chapa 3 foi escolhida por 96 conselheiros.
Arthur Caleffi, Sandro Farias e Berenice Corsetti
Ao final do pleito, o presidente da Comissão Eleitoral, Claudio Bonatto, parabenizou Farias e o Convergência pela postura de colaboração e de foco no bem geral do clube. Farias, Arthur Caleffi e Berenice Corsetti – candidatos a 1º e 2º vice-presidentes, respectivamente – foram aplaudidos de pé por todo o Conselho, que entoou um canto da torcida colorada em homenagem à candidatura do Convergência ("Dá-lhe, dá-lhe Sandro”, uma adaptação da música que a torcida normalmente canta para o meia D'Alessandro).
Agora, o Convergência concentrará forças nas eleições para o Conselho Deliberativo, que vai renovar 50% dos conselheiros em 4 de dezembro, mesma data do segundo turno das eleições presidenciais. O grupo acredita que, ao escolher a Chapa 2 para o Conselho, o sócio estará aprovando a renovação política do Inter e referendando um plano de gestão que promove o profissionalismo no clube.