Plano de Gestão

Veja versão online do Plano de Gestão:


Apresentação

Um clube de excelência é construído por meio de uma política de excelência. Esta é uma das premissas básicas do Convergência Colorada desde a sua concepção inicial ocorrida no final do ano de 2009, quando associados e conselheiros de diferentes grupos decidiram pautar o debate sobre o Internacional em idéias e projetos colocando sempre o Clube acima da gestão e das pessoas que estiverem em seu comando. Este Plano de Gestão é o documento com as idéias e os projetos que queremos ver implementados no Internacional e que norteia nossa atuação política. Ele foi construído sobre três pilares fundamentais: clube democrático, gestão profissional e futebol campeão.

Clube Democrático fundamenta-se na necessidade de reafirmar a Democracia como valor histórico do Internacional, sem deixar margem para interpretações errôneas que confundem “profissionalizar a gestão” com alterações no caráter associativo do Clube que continuará a ser propriedade exclusiva de seus associados. O Internacional deve usar as diversas ferramentas tecnológicas para envolver, informar e conscientizar seus associados das necessidades de uma gestão de excelência para viabilizarmos de forma sustentável um futebol altamente competitivo e constantemente na luta pelos principais títulos do mundo. A transparência da gestão também é um fator fundamental de mobilização e credibilidade para o Internacional, tanto por parte dos associados e torcedores, como para patrocinadores e parceiros comerciais.

A profissionalização da gestão, defendida por muitos e aplicada por poucos, deve ser trabalhada com aplicação das melhores práticas de governança corporativa. Para isso, é fundamental definir as atribuições políticas e estratégicas, daquelas que são profissionais, táticas e operacionais. É por esse motivo que se justifica a criação de um Conselho de Administração, órgão do qual as decisões sairão unificadas e pensando em todo o Clube em conjunto e resultarão em metas que serão recebidas por um quadro de diretores profissionais comprometidos exclusivamente com resultados, não mais com conveniências políticas.

O Futebol Campeão das décadas de 1940, 1950, 1970 e 2000 deve ser sistematizado para seguir vencendo, com maior racionalização de recursos e contratações através do investimento em pessoas, ciência e tecnologia. É fundamental darmos início para a construção de um centro de treinamento, com 9 a 12 campos, inicialmente para as categorias de base, mas que também sirva ao time principal. Com os fortes investimentos que serão feitos no futebol, graças as melhoras financeiras que a profissionalização da gestão permitirá ao Inter, diminuindo a dependência da venda de jogadores, estaremos constantemente na luta pelos principais títulos mundiais.

O Convergência Colorada baseia-se em idéias, uma vez que trata como valor incondicional a Instituição acima de gestões ou de pessoas. As contribuições individuais devem ser sempre valorizadas e dignas de todas as nossas homenagens, mas o Internacional deve seguir adiante em sua senda de vitórias. Jogando, lutando, vencendo e levantando taças. Esse Plano de Gestão é voltado para a grandeza e crescimento constante de nosso Clube, um clube democrático, de todos os colorados, gerido de forma profissional para oferecer os melhores serviços aos seus torcedores, infra-estrutura física e humana, gerando receitas para investimentos no Futebol, razão histórica da grandeza do Sport Club Internacional.