Princípios

  • Implantar no Clube uma administração pautada por princípios éticos, que fortaleçam a credibilidade do Clube não só perante o torcedor, mas também perante o mercado.

  • Fazer com que o Sport Club Internacional tenha um crescimento sustentável com boas práticas de governança corporativa, com transparência e pluralidade de fontes de receitas, capazes de fazer com que o Clube sustente o Futebol e não mais o Futebol sustente o Clube.

  • Valorizar a Cultura Democrática e inclusiva do Clube do Povo.

  • No nível estratégico, estimular o amplo debate, sem prejudicar a eficiência, nas decisões através do envolvimento dos integrantes do Conselho Deliberativo na formulação de diretrizes e avaliações de resultados do quadro profissional.

  • No nível tático, a profissionalização deve ser vista como uma nova cultura organizacional voltada para a sustentabilidade e protegendo o Clube de instabilidades na esfera política. A Diretoria-Executiva deve ser composta por um time de profissionais altamente qualificados, com dedicação exclusiva e políticamente isentos, focados exclusivamente no atingimento das metas com a máxima eficiência.

  • Nosso futebol deve ser baseado em modelo de jogo historicamente vencedor, valorização da formação de atletas e da prospecção eficaz e sustentável de jogadores através de alto investimento em pessoas, ciência e tecnologia.

    • O Inter deve estar na vanguarda da gestão esportiva na América Latina e referência no mundo - esse objetivo só será atingido por meio da democracia, da gestão profissional e de um futebol campeão.